........ ....................................................................................CENTRO SOCIO-CULTURAL - EMBU GUAÇU, SÃO PAULO

Volunteers Experiences


Aramitan  August – December 2011

I remember the first evening that I arrived at Aramitan; it was an incredible feeling to finally be inside it and see with my own eyes what I had only seen in photos. The beauty of the environment and its people was apparent everywhere. One feels strong foundations here, ready for people with an impulse to create something in this beautiful space.  

São Paulo is a city of extremes, which seem to co-exist of each other’s doorsteps. The wealth in the centre is undeniable yet on the pavements at the feet of churches, apartments and high-rise buildings are the poorest people of the São Paulo, living off the scraps that the rest of the city has left behind. The realities of the peoples’ lives here in Embu Guaçu and the favelas of the periphery are very much different to those of other parts of São Paulo: the favelas to me are very beautiful, without looking at particular situations and the capitalist system with is so hard to escape from, there seems be a family orientated environment, the kids play together on the streets and families have many neighbours close by! On another side, the children are playing and growing up in a very adult world; the inappropriate exposure to funk music, alcohol and the many problems which come alongside that, seem to take away some of the innocence of childhood. 

So, when you see great impact that the Organisations Aramitan and Monte Azul have on the people and environments around them and the richness they create; it is from there that the driving forces to carry on the impulse in a true gesture of social work arise. Creating events to commemorate traditions of Brazil and Seasonal festivals is one of the strong qualities of Aramitan; it is in these moments that one sees the affect which Aramitan has upon the lives of the people in the community, especially for the children and the young people... Dia das Crianças, São Nicolau, Dia dos Desafios . . . many moments to be remembered. 

The rhythm has been diverse, volunteering also at the Chácara of Monte Azul in the creche and the bio-dynamic garden, and at the Parque da Várzea, an ecological low lands to preserve the rivers of Embu Guaçu and prevent deforestation. Within in Aramitan, one of the parts I cherished most was the time spent with Juliana’s group of children (ages 6-10) who come twice a week, with watercolour painting, wax crayon drawings, baking bread, and activities preparing for festivals and seasonal rhythms. It is certainly a challenge to keep strong boundaries and hold the space while still giving them freedom to explore! Another challenge was giving English Lessons, and discovering that to teach your own language is not so easy, but managed to stumble along somehow!

From my experiences of the past four months at Aramitan, the most overwhelming feeling here is that of truly great heart forces at work here. In reflection one can see a need for a constant driving energy for evolvement to continue . . . the more people who are dedicated in carrying this impulse the more Aramitan can meet the needs of its community and its purpose. There are truly dedicated and inspiring people in this space, and I hope that more people have to chance to experience some of what I was privileged enough to experience, and for them to bring initiative and energy to help evolve this wonderful space. To continually hold a picture of what Aramitan is and what we all wish for it in the future is a difficult task, but I know that personally, this is a place which I always hope to be connected to in some way, and one day perhaps I will be able to return with something more to give. 

Camille Iona


 
Volunteering in Aramitan, Brazil. 

On the 1st of August we arrived in Aramitan which is situated in Embu-Guaçu, Sao Paulo. It is a large house with a beautiful garden and is in some ways an oasis from the world outside. The reality of Brazil’s social classes is very saddening and very much in “your face”; you can be driving down a street lined with grand, wealthy homes and turn the corner into a massive sprawling Favela. Coming from my life in N.Z and the family and community that I was a part of, to seeing the struggles and hardships that people face here, made me truly realise how lucky my life has been.
Getting into the swing of things here took a little bit of time; however a routine soon developed and very quickly I found myself adapting to a completely new way of life. The other 10 volunteers here are all Brazilian and each and every one of them are incredible inspiring people. They are all so different which keeps everyday interesting and there is always a lot of laughter through the house.
I have a very diverse schedule which I love as I enjoy experiencing all that is to offer here. I work part of the week in the garden were we grow Bio Dynamic veggies, I also help run our second hand shop which is open two days a week, I volunteer one afternoon a week at a local nature reserve where they are planting hundreds of trees to in an effort to reforest around the local wetlands. I volunteer another afternoon a week working with recycling in the Horizonte-Azul favela and then I work two days a week with the children. Camille and I also offer two English lessons a week in the evenings to anyone in the community who would like to learn.
My time here has been very different to what I pictured beforehand, but I time I will always cherish none the less.
I look forward to what the next few months bring.

Maia Boonen

Viva São Nicolau‼!

Com muita alegria realizamos no dia 08/12/11 a comemoração do dia de São Nicolau, um arcanjo representativo da época de Natal.

As crianças da comunidade local e alunos da Associação Aramitan puderam conhecer a história de São Nicolau e vivenciar esta época tão linda e especial. 
Tivemos um lindo café da manhã com frutas. Biscoitos, pães e chocolate quente bem gostoso, com certeza nossas crianças não irão esquecer esta data‼
Gostaria de agradecer a toda equipe Aramitan por ter colaborado para que esse dia de fato acontecesse e em especial as nossas voluntárias Maia e Camille por sempre estarem realizando coisas com o coração cheio de dedicação, amor e carinho.

Obrigada Meninas‼‼‼‼

Primeiro Bazar Solidario Aramitan

Foi com muita alegria que o nosso primeiro grande bazar aconteceu no dia 4 de dezembro, tivemos a participação de pessoas da região do Valflor e Filipinho (comunidades locais).

O bazar Aramitan ja existe a quase um ano, funciona toda terça, quarta e quinta. 

 
A idéia inicial de termos um bazar foi de criar uma aproximação maior da comunidade, e pensando neste ano posso dizer que nossa missão deu certo, temos a felicidade de cada dia conquistar mais e mais pessoas.

Consciência Negra

Este evento foi muito especial, pois é mais um passo que o Aramitan está dando para atingir as pessoas e abrindo espaço para discutir temas complexos do dia-a-dia, dos quais sempre nos deparemos e nunca desenvolvemos.


O começo de tudo foi o lanche, que já deixou as pessoas muito felizes. Depois fomos ao que interessa, falar sobre a situação do negro, como ele é visto na sociedade, preconceito etc.

Dia das Crianças (dia 12 de outubro)

Como fazer uma atividade voltada para as crianças sem a ligação somente de dar? Sabemos que hoje em dia, quase todas datas comemorativas, são um meio de fazer as pessoas somente consumirem mais e mais.

Pensando assim o Dia das Crianças no Aramitan fugiu desssa regra, fizemos um dia onde as crianças não receberam simplesmente um presente pronto e sim cada um fez seu própio, tivemos oficinas de gira –gira, pipa, bolachinha, circo, um cantinho de leitura, bastante frutas, bolos, sucos, tortas e um lugar lindo, grande e cheio de amor que se chama Aramitan.

Encontro Uni 11

No mês de Setembro eu Eduardo, Tatiane e a Voluntaria Maia (NZ) participamos do Encontro Uni 11 na Escola Waldorf Viver em Bauru (interior de SP). Onde a escola nos convidou a falar de nossas biografias e experiências com o trabalho social voluntario desenvolvido no Aramitan.
 
Com palestra e dinâmica, contamos como tudo aqui aconteceu e acontece, tivemos um fim de semana maravilhoso com esses jovens da maioria das Escolas Waldorf de São Paulo.

Caminhada pela Paz 2011

Mahatma Gandhi é uma lição de respeito e amor a vida. E para celebrar o nascimento deste notável personagem histórico, o Aramitan neste domingo (dia 2 de outubro) promoveu uma caminhada pela paz.


O evento ocorreu às 10hs no Embu Guaçu e reuniu um grupo de pessoas que sairam pelas ruas do municipio, no intuito de gerar a participação da população durante o percusso. E de se manifestar contra todo tipo de violência e agressão sobre a vida.

Noite dos Desafios (dia 01 de Outubro)

It was a surprisingly warm evening in Embu Guaçu, as you could almost smell a sense of excitement and apprehension in the air. The group that had assembled in the entrance hall of Aramitan was a good 30 strong and we began what would be a successful evening with a delicious meal prepared by Eduardo and helpers. The group that had gathered to "face their fears" that evening, were comprised of co workers and volunteers of Aramitan, the community of Embu Guaçu, members of Pro-Brasil organisation and locals of Horizonte Azul, among others.


After taking our fill of some truly delicious pasta dishes, the evening was set to begin...
It was dark by now and as we headed out to the fire circle, we introduced ourselves to the group, sat in silence to prepare for the coming evening and were introduced to the meaning of the evening from Tatiane and Andreza. 


Canal Aramitan - Cinema e Diversão

On the 24th of September we had mini film festival, organised primarily by Alvero and Grace of Aramitan.

The children’s matinee screening was of Labyrinth which is a 1986 British/American fantasy film directed by Jim Henson, starring David Bowie and some of his songs.

Later in the evening Dirt: The Movie directed and produced by Bill Benenson and Gene Rosow; talks about the wonders of soil and the impact that humans have on it

Dia da Independência

No dia 7 de setembro o grupo organizador da Ass. Aramitan se reuniu juntamente com outros jovens ativos na Associacao para descutir sobre fatos e relatos do Dia da Indepêndencia que pela historia se julga importante.


Dentro de diversas opniões percebi que por mais que nos julguemos independentes não nos livramos de outras dependências como a de sistemas sociais desenvolvidos afim de nos civilizar.

Caminhada dos Desafios (Dia 7 de Setembro)

Fomos convidados a participar da Caminhada dos Desafios pela Monte Azul - núcleo Horizonte Azul.


Passamos por vários testes de coragem , uma das mais emocionantes trilhas que já fizemos, organizada com  muito carinho pelo guia Arnaldo!


Visita à Escola Estadual Irmã Charlita, Grajaú

O Eduardo, um dos jovens do grupo de estudo do Aramitan é amigo do professor de português Ramon que lecciona na E. E. Irmã Charlita. Esse foi o ponto de conexão para que a conversa sobre agrotóxicos e alimentos trangênicos, duas coisas que estão diariamente em contato com a gente, fosse realizada.


A conversa foi resultado do tema que o grupo de estudo estava pesquisando nas últimas três semanas. Fizemos cartazes com alguns alertas e informações e junto a esse material passamos o documentario "O veneno esta na mesa".

Mutirão 2011

O Aramitan agradece à Philip Ilic pela produção do video e Ana Jungen pela tradução!
O Video foi produzido em nosso mutirão internacional que realizamos em julho deste ano!

Obrigada Philip e Ana!


__

2º Semestre

O Aramitan conta neste segundo semestre com a colaboração dos mesmos jovens os quais colaboraram no 1º semestre, com algumas mudanças de horários e dias de comprometimento! Contamos também com a colaboração de duas jovens da Nova Zelândia as quais ficaram conosco até Dezembro deste ano.

Se inicia uma parceria bem maior com o Parque da Várzea onde uma vez por semana meio período 4 jovens do Aramitan serão voluntários no Parque, ampliando assim a visão para com o meio ambiente, a rede de contatos com outras instituições sociais em Embu-Guaçú também esta se expandindo, com Lar Mãe Inês por exemplo, Orfanato da André Stucchi, Casa de Idosos...

As mesmas atividades do 1º Semestre continuarão acontecendo como: recreação infantil / inglês / horta / trabalhos manuais / estudos / Capoeira / reciclagem, também datas comemorativas como dia das crianças por exemplo, mas agora com um olhar mais amplo em aumentar o numero de participantes. Planos temos muitos para seguir em frente, como por exemplo criar um pequeno viveiro de Galinhas e talvez duas cabrinhas, pensando que seria muito rico para as crianças terem mais contato com os animais. Novas oficinas estão no planejamento como Estêncil, reforço matemático, duplicar as aulas de inglês, desenho básico/grafite, pintura!

Referente a Documentação do Aramitan, Estefânia e Gabriela terminaram o que tinha para fazer nas plantas do Aramitan, enviamos tudo para o Engenheiro, aguardamos resposta dele para saber qual o próximo passo, ou se algo ainda precisa ser feito referente as plantas.

Fechamento 1º Semestre

No primeiro semestre muitas coisas aconteceram no Aramitan, desde mudanças na diretoria, na coordenação, aulas de inglês, recreação infantil, Trabalhos Manuais, Cinema, Capoeira, reuniões de planejamento, pensamentos em como continuar, idéias... até o nosso fechamento do semestre com um belo mutirão onde passaram em geral mais de 90 jovens pelo Aramitan, desde de canadenses, franceses, ingleses, alemães, e muitos brasileiros, vindos do Rio de Janeiro, do centro, da periferia de SP.

A cada mutirão que realizamos enxergamos a importância que tem os mutirões para o Aramitan e principalmente para quem tem a oportunidade de participar do mesmo, cada mutirão é diferente do outro, este ano a maioria dos participantes foram Brasileiros, é como uma vitória para nós, pois sabemos a dificuldade que um jovem daqui e principalmente da periferia tem em ser voluntario (pois necessitam um trabalham remunerado, onde ajudam suas famílias).

O mutirão foi organizado somente por jovens que aqui estão e contribuem de alguma forma para o desenvolvimento do Aramitan, foi muito especial passar por este mutirão sem o acompanhamento de um adulto nos dando força, isto nos deu mais energia em fazer com que tudo acontecesse bem, e nos fez perceber ainda mais a responsabilidade e força que nós jovens temos!

Sexta-feira, dia 22 de Julho // Circo no Embu Guaçu (Circus in Embu Guaçu)

Na sexta-feira, dia 22 de Julho, veio o circo “A Ponte das Estrelas” para a cidade de Embu Guaçu para fazer uma apresentação no Centro Cultural.

O grupo de circo é uma ONG do Bairro do Campo Limpo, onde todos os artistas são crianças e jovens das periferias de São Paulo.


O público que veio ficou encantado com a apresentação das crianças. Teve malabarismo, acrobacias, palhaços, música e muito mais.

Foi muito bom que as crianças do Parque Industrial (onde aconteceu o Vielas Coloridas) também vieram para assistir. Assim mantivemos contato e que talvez poderíamos organizar mais projetos com os moradores de lá.

Domingo, 17 de Julho // Vielas Coloridas

Mais uma vez, tivemos um dia muito colorido e especial. Todos começaram o dia muito empolgados para o Vielas Coloridas, mesmo depois de um intenso sábado de maracatu.

Na dinâmica da grande roda da manhã já surgiram muitas rísadas e rostos novos, isso é bem legal, pois muitas pessoas de fora tambem vêm participar, muitas delas até gostariam de estar no mutirão.


Quando chegamos no Parque Industrial, um bairro muito carente de Embu Guaçu, fiquei contente em ver a alegria e o acolhimento da comunidade. As paredes sujas e cínsas começaram a ter vida e cor! É bonito ver como a comunidade é aberta com agente e como os "artistas" se doam, mas lindo mesmo é saber a diferença que podemos fazer no dia-a-dia dos moradores que agora têm suas casas coloridas e que isso os tragam de alguma forma conforto e paz diante de uma realidade tão dura e que tenham acesso a outras coisas e que conheçam novas formas de arte.

16 de Julho // Maracatu em Embu Guaçu

TU MARACA?! TU MARACATU!

Do Silêncio a chamada das caixas e tarois deixam todos em alerta, pois a qualquer momento os tambores vão ecoar, os gonguês repicar, os mineiros e abês tremer e então começa os mais variados toques das alfaias, baque de marcação, baque de parada, baque de male, baque martelo, baque afoxé, virações até que ouve apito...

“Eu vim de longe pra bater nesse tambor!”.

Eu vim de longe bater nesse tambor de cimento, de cores, de risos, nesse tambor que me faz acreditar que existe a transformação para um Brasil melhor. Ver o Mucambos no dia 16 foi ‘irado’! Um sábado lindo e ensolarado, parecia que só via um céu daquele quem estava aqui tocando, dançando, cantando, grafitando, trabalhando, animando com a gente aqui no Aramitan.

Sexta-feira, dia 15 de Julho // Dia do plantio

Sexta-feira foi um dia muito diferente porque nós fomos plantar árvores. Foi um dia muito lindo mesmo !


O dia começou com um café de manhã muito especial porque a Luma e a Krow tinham preparado Pães de Quejo muito saborosos. Depois do café de manhã uma piruá chegou para nós buscar e nós levar para a entrada do parque. Como sempre, a viagem foi muito musical, com pandeiro, cantos e alegria. Para mim eu que não sou brasileira, é uma coisa muito especial e eu amo ver a importância da música na cultura brasileira, até para uma viagem de só deis minutos !

Lá no parque, fizemos uma roda e cantamos uma canção muito linda. É uma canção com duas vozes (Grave e Aguda) sobre um grupo de amigos que não encontram o carro e que o procuram! A melodia é muito linda e a coreografia associada muito divertida. Depois fomos a outro lugar para começar a plantar árvores. Tiveram muitos árvores para plantar mas ao final do dia, conseguimos plantar todos.


Quinta-feira, dia 14 de Julho

O nosso dia começou com um belo café da manhã e todos estavamos já de pé às 07:30 da manhã. Tivemos o café da manhã até às 8:30 e depois formamos uma roda para participar de uma dinâmica, como todos os dias nos fazemos!

   Começamos com uma música do "Bemba" para começar o dia antes de trabalhar e com isso as atividades foram divididas em grupos com várias pessoas que foram trabalhar no reboco da casa dos voluntários, outros foram para a área ao lado e a piscina onde tinha vários retalhos de azulelhos e telhas!

Terça-feira, dia 12 de Julho

É incrível a sensação de amor e carinho que nos acompanha a todo instante aqui. É lindo voltar para o Aramitan depois de um tempo e perceber que o Aramitan nasceu e não é apenas um projeto. As crianças estão sempre presentes nos trazendo lembranças e trazendo simplicidade, amor e responsabilidade.

 Após um delicioso café da manha, cantamos e cada um escolheu o trabalho que gostaria de fazer durante o dia. A casa dos voluntários esta ficando muito legal, estamos rebocando as paredes, hoje foi um pouco difícil porque o Arnaldo não veio.

O almoço estava uma delicia como sempre, preparado pela dona Jacinta e os ajudantes. A noite fomos quase todos para a cidade comer pizza, foi muito engraçado, os donos da pizzaria não estavam esperando tanta gente, mas ficaram muito felizes em nos receber. Na ida e na volta fomos andando pela linha do trem, estava uma noite maravilhosa de lua cheia muito estrelada, e acompanhamos um trem enorme passando, foi  muito lindo e especial, viemos cantando e tocando pandeiro.

É muito bom estar aqui e acompanhar de perto a historia do Armaitan.

-- Estefânia Monn de Melo

La segunda semana / Die zweite Woche

La segunda semana ya comenco en el Workcamp y con nueva energìa empezamos el trabajo. El sol brilla y esta un poco mas caliente – los condiciones perfectos para trabajar.

En el circulo de la mañana cantamos una nueva cancion y distribuimos el trabajo. Con Jeremie y Mary (Canadiense), Rogerio (Brazil) Phillip (Ingles) y Manu (aleman) voy a trabajar en el terreno al lado de Aramitan. Hasta ahora el terreno no esta usado pero los planes ya estan forjados para crear un parque infantil y una huerta al lado. Con azada, batidera y carretilla vamos a limpiar el espacio de yerba y piedras y al mismo tiempo estamos conociendonos en el grupo.

Trabalho e Oficina de Estêncil

Neste dia o trabalho seguiu na casa dos futuros voluntários. Um grupo fez a massa, outro o piso, a limpeza, cozinha.

Depois do trabalho houve uma oficina de estêncil, quem ensinou foi o Álvaro. Para mim esta parte do dia foi muito especial, principalmente pela participação das crianças que aconteceu de um jeito super espontâneo num momento que a oficina já estava quase acabando, mas na verdade foi um novo começo, pois começou tudo de novo. As crianças chegaram e saíram pintando tudo, roupas, papéis , chão...até o rosto.

Está sendo um mutirão diferente, como os outros também muito especial e divertido e eu estou conseguindo perceber a importância do ARAMITAN, o significado começa a fazer sentido na prática:

“A criança que une o Céu e a Terra”

E é muito bom nos unir a elas!

Os trabalhos que fizemos com estêncil ficaram muito bons, tantos que muitos querem continuar fazendo nas horas livres.

-- Grace

Quarta-feira, dia 6 de julho

O trabalho continuou junto com as crianças Jadson, Hacner, Picolino (Willian), Lukas, Matheus nos ajudarem a fazer massa. Que massa!

Na parte da tarde alguns foram carpir o terreno ao lado, que está com o mato bem alto. Até cobra acharam.

A noite tivemos uma pequena apresentação oficial e a Tati falou sobre o Aramitan e a historia... foi super divertido. Cada dia está sendo melhor.

Beijo me liga

-- Grace

Workcamp started

The days always start at 7:30 with breakfast and at 8:30 we all meet for the morning circle.
During the first week we sang a song in the mornig circle which comes from South Africa, back from the time of the Apartheid. After the song we always play a different warm up game and then divide the volunteers into the different working areas.

Vielas Coloridas!

No dia 17/07/2011 vai acontecer o próximo Vielas Coloridas!
Nessa vez vamos pintar as vielas no Parque Industrial em Embu-Guaçu.
Como sempre, todos estão convidadissimos a participar‼!!


Vielas Coloridas 17/07/2011 from Manuel Graf on Vimeo.

--Manuel

Programação Cultural

É com muito ânimo que convidamos a todos vocês
para nossa programação cultural Mutirão 2011!!!

Mutirão, mutirão, mutirão‼‼

Porque Mutirão?

Bom, mutirão representa um grupo de pessoas que se juntam por um tempo relativamente curto para reformar, restaurar o construir algo.

A importância de um mutirão é muito válida na vida de um jovem, onde o mesmo ao construir e concretizar algo se sente enriquecido e confiante ao exercitar suas habilidades (ou em descobri-las), seus dons, seus conhecimentos e experiências na criação de boas mudanças que têm impacto positivo notada!
Ao participar de um mutirão como no Aramitan, os participantes fazem novas amizades com pessoas de diversas culturas e se deparam com experiências que freqüentemente tem um efeito profundo no seu futuro.

É graças aos Mutirões que o Aramitan consegue avançar muito na construção e em outras áreas, além de aumentar seu ciclo de amizade e renovar os relacionamentos com a comunidade do entorno! 

Por isso, não paramos com os Mutirões, de 1 -23 de Julho realizaremos a 16º Mutirão Internacional no Aramitan...

Mutirão não é só trabalho não, nos divertimos muito, quem já participou sabe do que estou falando. Temos também uma programação cultural muito legal‼

Todos estão convidadissimos‼!

Em breve a programação quentinha pra vocês‼!

Primeira Roda de Capoeira do ano de 2011

No dia 29 de maio de 2011 realizamos nossa primeira roda de capoeira do ano (2011), neste dia foram reunidos todos os núcleos da Associação Esportiva Capoeira Dandara para a apresentação dos alunos do núcleo Aramitan.

Foi muito gradificante poder ver as nossas crianças participando deste momento, por ser uma novidade para elas houve timidez mais aos poucos elas foram ganhando mais confiança para entrar na roda e deixando mais clara a importância do esporte no dia-a-dia de uma criança.

Neste os pais dos alunos tambem compareceram para prestigiar a nossa roda o que foi muito legal!!
Gostaria de enfatizar e de agradecer a presença dos professores que trouxe muita motivação para o grupo, e fazer meritos ao nosso professor Anderson por sua dedicação ao núcleo Aramitan.

E que venham outras rodas!! Salve Capoeira!!!!

-- Juliana Vieira
Ass.Aramitan

Diretoria Ass.Aramitan

No dia 27 de maio de 2011 realizamos a Assembleia geral da Associação Aramitan onde elegemos os novos membros da mesma.

Nesta reunião foram relatados a rotina de trabalho, o que cada colaborador realiza na associação e apresentados os novos membros da diretoria.

Nossa até então Presidente Ute Craemer dispôs de seu cargo e elegemos Tatiane Andrade que atualmente tem a função de coordenadora no Aramitan; O Sr. Ayrton Pimentel dispôs de seu cargo de Vice-Presidente sendo assim eleito Gabriel Volich, estudante de Economia(PUC) e voluntário(Aramitan); A Sra. Regina Wrasse dispos de seu cargo de Primeira Secretaria sendo eleita Vanusa Coutinho, ex-coordenadora da Associação Aramitan; O Sr. Dilson Wrasse dispôs de seu cargo de Primeiro Conselheiro Fiscal sendo eleita Gabriela Ferez, estudante de Arquitetura (Universidade Mackenzie) e voluntária em nossa Associação; A Sra.Maria Jose foi eleita Segunda Conselheira Fiscal.

Agradecemos a todos as pessoas que fizeram parte de nossa Diretoria com certeza fizeram parte de nossa trajetoria e que sempre farão.

Bem- vindos os novos membros que juntos com a esperança de um novo mundo venha tempos de muitas vitórias e sonhos realizados.

Equipe Aramitan

Obrigada Daniela!

Dentre outros, mais uma voluntária após tantas experiências no Aramitan, segue seu caminho, neste caso falo de uma mocinha chamada Daniela Stark nascida na Alemanha com residencia na Suíça,  que após viver na Irlanda ainda sentia necessidade de conhecer algo diferente da Europa, conhecer a nossa cultura Brasileira, nosso povo!
Daniela ficou no Aramitan durante 4 meses, o que nos parecia já um ano, pela convivencia de todos os dias...

Agora Dani nos falta! Lhe desejamos muita sorte nesta sua nova jornada de vida, muita saúde e muito calor onde quer que esteja... A participação da Dani no dia a dia, compartilhando decisões e idéias, trabalhando com as crianças na Recreação Infantil,  dando aulas de inglês, ajudando na limpeza, fazendo pão, café e almoço.


Percebemos um desenvolvimento muito grande do antes e do depois, como ingressou na cultura!
Fora momentos de stress, tivemos muitos momentos maravilhosos, engraçados e sérios...
Heyyyy....Yhouuuu, Toll....habe mega beigebracht !!!kkkkkk :-)
!!!!!!!!!!!!!!!!....&¨%$%#¨¨%&*(¨)&(*_%#%@%*)_)%#!...(Veronika)...
Obrigada por tudo... Aramitan e Casa Amarela...

Bazar em São Paulo

No sábado do dia 07 de maio, Manu, Tati, Juliana, Daniela e eu participamos de um bazar no centro de São Paulo. Fomos representar o Aramitan em mais um missão e essa foi a de conseguir recursos para as dispesas do Aramitan. 


E lá fomos nós, em um dia de sol, tentando encontrar o espirito de vendas, montamos uma mesa com fotos e informações sobre o Aramitan e algumas coisas para vender como: macrame, bolo, artes feitas por participantes do mutirão ou feitas pelo nosso Artista Eduardo. 

Se pensarmos no lucro logo não vamos estar muito contentes mas pensando no espírito de todos nós que la estavamos, ja compensa muito. Muitos que conhecem o Aramitan, sabem em que situação nos encontramos agora, por isso é muito importante que cada oportunidade de captação de recursos seja aproveitada.

Grupo de Estudo

Toda segunda-feira antes de fazermos a reunião semanal, acontece um grupo de estudo no Aramitan. Cada semana alguem de nós leva um tema para aprendermos e discutirmos.


Na semana passada, lemos um texto que se chama ||"O que é exploração?"||. Depois discutimos sobre esse assunto e como funciona o trabalho hoje em dia. Percebemos mais ainda, que o sistema em que a gente vive não é nem um pouco justo para com a classe operária.
Nessa semana assistimos um ||video de uma entrevista com João Pedro Stélide|| que foi feito pelo canal Band. Stélide, dirigente nacional do MST, esclarece varias perguntas que sempre aparecem quando se trata do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, tendo a oportunidade de explicar para rede nacional a importância de se organizar, lutar e resistir pela causa dos trabalhadores.

- Manuel

Capoeira

Duas vezes por semana temos a alegria de ter aulas de Capoeira no Aramitan com o professor Anderson que dedica duas noites a nos ensinar a arte da capoeira, às terças e quintas-feiras à partir das 19:30 horas. Os participantes são de faixas etarias bem diferente e isso torna as aulas muito mais divertidas!
As aulas são abertas para todos e quem quiser é só chegar e gingar!


Projeto Recreação Infantil

No início de março de 2011 começamos a realizar o ´projeto "Recreação Infantil" com crianças de 9 a 10 anos de idade, que moram na comunidade próxima a associação duas vezes semanais.

O intuito do projeto é desenvolver a criança a partir dos principios basicos “arte, criatividade e educação.”
Dentro destes princípios trabalhamos com as seguintes atividades: desenhos artisticos, musica, trabalhos manuais e atividades físicas.


Inspirados na Pedagogia Waldorf oferecemos as atividades já citadas e para o complemento do nosso trabalho realizamos o reforço escolar, estimulo a leitura e dinâmicas com brincadeiras.

Crie Ação no Beco

Arte urbana em Embu Guaçu

A arte urbana foi representada no dia 27/02/2011 na travessa Celeste Martins onde artistas do grafite da zona sul e outros locais, estiveram deixando a sua arte no beco.


O objetivo foi valorizar os espaços urbanos e conscientizar o público sobre as áreas manaciais e ampliar as reflexões artisticas.
Mais de trinta artistas e quase cem pessoas fizeram parte deste momento importante e marcante para a cultura da cidade juntamente com voluntarios estrangeiros da Alemanha, Noruega, Africa do Sul e Suíça.
A cada movimento com as latas de spray, novas imagens surgiam com o ritmo do som de Hip Hop inspiravam ainda mais as reflexões sociais, por aqueles jovens e crianças que fizeram aquele dia especial.


Intercambio YIP - Relatório do Ennio

International Internship Report

When I discovered Aramitan and I got to know why it exists and what it has been doing made me feel that it has potential to do a lot of things in communities for Brazil. I felt responsible to do any work that was available to do in and around Aramitan because I didn`t come prepared with any projects. So I was positively moved by the establishment of the Organization. And the more I worked the more space in my heart I made for Aramitan. I didn’t know how it would be If I came with a prepared project so instead I took the “go with the flow “ approach also I wasn’t focused too much on concrete results because a month is too short and I felt it would be nicer to try and do things freestyle where I can experience different things at different times. My stay in Aramitan was fine for me because the living conditions were good and the daily rotor they had was nice, too.


Intercambio YIP - Relatório do Marcelo

Meu nome e Marcelo, tenho 23 anos e atualmento participo do YIP – Youth Initiative Program, na Suecia. Dentro desse programa, acontece um intercambio de um mes em alguma iniciativa ao redor do mundo, e eu escolhi o Aramitan para fazer o meu.

Foi a primeira vez na minha vida que estive no Brasil como “visitante” e trabalhar no Aramitan quase que como um “voluntario estrangeiro” fez parte do meu intercambio. Pude entender, de certa forma, porque os voluntarios que vem nessa epoca do ano do hemisferio norte se sentem tao aliviados em deixar o inverno para tras.

Chegamos, eu e Ennio, que tambem divide o quarto comigo na Suecia, no dia 22 de fevereiro. No Aramitan, tambem dividimos um quarto. A primeira semana foi mais de “aterrisagem”, com o trabalho de fato comecando na semana seguinte.

Dia Mundial da Agua em Embu Guaçu

No die 19 de março, em Embu Guaçu houve um evento muito importante com o tema "agua", oferecido pela Secretaria de Cultura e Meio Ambiente com colaboração artistica do Aramitan.


Neste dia houveram atividades com a comunidade, palestras sobre a importancia da agua e varias curiosidades que até então eram nos desconhecidas, por exemplo:
  • como acontecem as enchentes e porque
  • qual o papel do estado nisso tudo
  • porque há tantos deslizamentos de terra
e muito mais.

As palestras foram dadas ao ar livre por professores e alunos da faculdade USP

Finalmente o assunto "agua" foi tratado com devida importância e respeito que merece.
Infelizmente a informação não é fácil acesso para todos;
mais uma luta a ser conquistada entre muitas outras!

Festa de Aniversário

Aniversario da Josiane de 15 anos (a filha mais velha da familia)


Para quem não conhece a familia sobre a qual estamos citando, vamos esclarecer um pouco!
No ano de 2009 o Aramitan começou na comunidade de Congonhal, um mutirão diferente, um mutirão externo por assim dizer. A escolha foi dificil, não da pra saber em uma comunidade carente quem precisa mais, ou quem merece mais, então na primeira visita a comunidade Congonhal conhecemos a Familia, que é constituida por sete crianças, o pai e a mãe. Essa família tem uma vida muito humilde, e muito batalhadora como muitas familias que conhecemos. O resultado dos nossos mutirões foi a construçao de dois comodos mais a ligacão que temos com essa familia.